terça-feira, 8 de dezembro de 2015

A não ideologia como ideologia

O regresso de Francis Fukuyama: Macri reuniu-se com Dilma e afirmou: “vim para desideologizar a região”.

Enquanto os banqueiros da Wall Street desembarcavam massivamente em Buenos Aires para se reunirem com os novos funcionários, Macri, o novo presidente pró-USA, reunia-se com Dilma Rousseff deixando uma mensagem clara: “vim para desideologizar aregião”.

Nas malas dos banqueiros, não se vislumbra a mínima mensagem ideológica, os bankster$ combatem, abominam e são imunes a qualquer ideologia que ponha em causa os seus sacrossantos propósitos.

Wall Street promove e ampara todos os que se apresentem desideologizados. Vá la saber-se porquê!...

2 comentários:

Rogerio G. V. Pereira disse...

"A luta de classes é o motor da História"

cito,
de um post não muito antigo

Olinda disse...

Muito riso,pouco siso.Esta canalha,só presta juramento ao Deus-Dinheira.É essa a sua ideologia.Esta foto está espectacular,pelo que se consegue captar das expressões de cada um.Abraço