domingo, 3 de maio de 2009

O Délinho do BÉ

Para que não restem dúvidas.

No vídeo apresenta-se assanhado como convém a um revolucionário.


1 comentário:

Maria disse...

O filho e mais atrás os pais...
Pois!
Um nojo que não cola, denunciar é preciso.

Um abraço