domingo, 30 de agosto de 2015

DESABAFO


Encontro com frequência na blogosfera desenhos de Fernando Campos a ilustrar e dar mais sentido a textos normalmente de grande qualidade, sinal do apreço demonstrado por quem o procura, e, certamente admira. Naturalmente que a origem dos trabalhos colhidos é respeitada e sublinhados com frequência de merecidos elogios. Até aqui muito bem; acontece porém que o ‘osítiodosdesenhos’ não é o Sapo nem o Google, entidades impessoais e vorazes. O blogue onde muitos se abastecem e muitos mais usufruem da criatividade exposta tem por detrás um autor que nos proporciona a fruição de trabalhos originais e generosamente colocados à mercê de todos os que o fizerem por bem. O que me custa – e porque me havia de custar? – é não encontrar um comentário ou um simples agradecimento tal como delicadamente dirigimos à empregada da caixa no supermercado quando pagamos o que consumimos.
Vem tudo isto a propósito de um dos últimos trabalhos publicados pelo ‘fernaocampos’ acompanhado de um desabafo que me entristeceu “Ontém fiz 53 anos. Cinquenta e três. Já não tenho grande futuro.” Algum comentário ou breve conforto?... Sim, três abraços, e porque sinceros talvez satisfaçam a quem nada pede.

E depois clamamos que estamos cada vez mais isolados, queixamo-nos do feroz individualismo. É certo que não percorremos a blogosfera deixando um apontamento em cada blogue, mas também é verdade que não nos servimos tão copiosa e regularmente como no ‘ositiodosdesenhos’.

2 comentários:

Rogerio G. V. Pereira disse...

Comungo do teu desabafo
(fui um dos que lá deixou um abraço)

Sérgio Ribeiro disse...

Concordo e subscrevo